Descontrole - Gente sem noção em filas

Não tem jeito, filas vão existir em qualquer lugar e é inevitável que peguemos pelo menos uma durante as nossas vidas. Algumas filas andam rapidinho, outras, demoram minutos, que mais parecem horas. De pé, com calor (ou em um ar condicionado que acha que é geladeira), com alguém fungando, ou tossindo, ou reclamando, seja lá o que for, no seu pescoço/ouvido. Vai ter bebê chorando, criança correndo, espertinho querendo passar na frente. Eu odeio esperar, mas também de nada vai adiantar eu me estressar cada vez que for entrar em uma fila. Só que eu sou normal, não tenho sangue de barata e vez ou outra alguma situação me tira do sério. Tipo a de hoje.

Era 12h45, super pico de horário de almoço, no Mc Donald's. Na minha frente, uma mulher, beirando seus 30-35 anos e sua filhinha, que aparentava ter uns 7 anos. Eu, com muita fome e muita ansiedade, louca para que chegasse logo a minha vez de pedir, pagar, retirar e ser feliz com meu lanchinho. Atrás de mim, muitas pessoas, com fome, com pressa, sem paciência e outras possibilidades.

A mulher da frente pega o cartão para passar na maquininha e a filha diz que quer passar. Ao invés de a mãe ter uma atitude sensata e dizer algo como "depois, querida", e ela mesma passar o cartão e pagar, ela deu o cartão na mão da menina ¬¬' Obviamente, a guria não tinha noção de como se passava e passou do lado errado. A mãe pegou na mão da menina e fez o movimento certo. Ok, respirei fundo. Ohei para a minha prima, que estava comigo, e resmunguei: "Ela tá de brincadeira, né?".

E a palhaçada não tinha acabado: "Agora digita a senha, filhinha." E a pequena, com tooooda a agilidade de uma tartaruga retardada apertou os botõezinhos. Eu tava quase dando um chega pra lá na mulher e falando:

-Olha só, não sei se você percebeu, mas você não é a única pessoa na fila quer quer comer. Se você não está com pressa, tem dezenas de pessoas aqui que estão. Então faça o favor de digitar a senha você mesma e liberar a fila. Grata.

Ah, gente, fala sério! Eu acho o atendimento do Mc super rápido, mas em horários de pico o negócio enche mesmo, não tem como não ter fila. Normal. Só que bota uma idiota dessas e aí o negócio para de vez. Minha raiva só passou quando eu sentei e comecei a comer minhas batatinhas.

Batatinhas são ótimas para curar estresse, fato comprovado hoje! hahaha

19 comentários:

maLu. disse...
15 de outubro de 2009 18:51

Oi Amorinha! ai super amei esse seu outro blog! já li vááárias postagens e amei o jeito de vc escrever ! textos engraçados e super gostosos de ler ! ameiameiamei! posso seguir esse tb?! rsrsrs
brigada pelo carinho lá no universo mulher fashion! (aproveitando pra agradecer nesse blog aqui! :D)
beiiijos, maLu.

disse...
15 de outubro de 2009 22:46

Nossa,... que raiva, Carol. Deviam fritar os dedinhos da menina e da mãe dela na frigideira das batatinhas. Noussa.... como sou má.
#)
Então menina.... tô atrasada, mais vale um PARABÉNS ainda, ou já fez 27 anos com a demora? Sorry... não passei antes, mas mesmo assim te desejo muitos momentos felizes na vida, amor, saúde e coregem para correr atrás de td que desejar.
Ah... desejo tbm menos filas. É justo né?
;)

Beijokas

Dea アンドレア disse...
15 de outubro de 2009 23:32

Ai Carol! Eu detesto isso. Tem muita mãe sem noção.
Eu já perdi a paciencia uma vez em uma situção parecida, mas eu já estava nervosa rs...surtei!!!!
bjokas

disse...
16 de outubro de 2009 08:08

Bah... eu gostava daquela epoica q eles tinham um relogio e marcavam que em 30 segundos tu teria o teu lanche prontissimo... hoje em dia o MC baixou de qualidade!

Carol Dornelles disse...
17 de outubro de 2009 13:22

Tá a coisinha mais fofa mesmo...só observando tudo...mal sabe o tanto de titias que tem...rs

Evelyn Oliveira disse...
18 de outubro de 2009 13:09

Olá ,eu dei uma sumida da blogsfera, sem tempo total, até meus post's estão corridos, mais imagens que palavras, enfim, mesmo não comentando, estou de olho por aí, ok?
Queria até dar os parabéns atrasadíiisemos e dizer que estou com saudades daqui.

Tenha um ótimo domingo.

Beijo e até+

rebeka disse...
19 de outubro de 2009 12:39

oi prazer sou a rbk..
seu blog e muito massa...to adorando ler..
ate to t seguindo..
bj flor!

disse...
19 de outubro de 2009 17:24

eu comprava tanto esmalte, mas tanto esmalte que eu nunca sabia que cor iria usar... até que acabei comprando menos, hahahaha!

bjos e boa semana!

kááh disse...
19 de outubro de 2009 19:23

Cara, eu fui no http://meninasemanias.blogspot.com/ e amei, quando vi esse amei mais ainda *-* ta a coisinha mais fooofa..
seguindo esse tb.. ehauheuae

beijocas

Bonitas e bacanas disse...
20 de outubro de 2009 04:24

Hahaha, eu ri. Não com seu sofrimento, mas com a situação em si. Depois que passa, a gente até ri, mas na hora sei que dá muita raiva. Tenho certeza que é nessas que acontecem muitas brigas, etc. Pq tem coisa que é tão absurda que a gente perde a cabeça, né?
Criança malcriada é sempre insuportável. Mas ainda bem que a batatinha te acalmou um pouco..rs
Bjs

Raquel disse...
20 de outubro de 2009 11:50

Kkkkkkkkkk
adorei a agilidade de tartaruga...ehehehehe
Gente sem noção mesmo ne???

Carolzita minha queriiiida...eu sou louca pra criar coragem e fazer algo diferente no meu cabelo...Ele eh compridão sabe???Mas eh mto fino, sem peso, e apesar d eu ter pouco cabelo, quando eu solto, fica uma montanha...vivo com ele preso...queria ter ele lisinho...pois ele tbm n eh nem liso nem ondulado...n se decide...
Dai eu fazia logo um franjãoooo...rapaaaaaaaz, respeite o franjao

Anônimo disse...
20 de outubro de 2009 17:25

AAAAAAAHHHHHH!
eu que nem tava lá já fiquei P da vida com isso. do jeito que sou estourada já teria cortado essa muié e fritado em óleo quente(dãããã)e ñ teria feito nada a garotinha, pq tbm ela ñ tem culpa, é só uma criança
( que garota calma e pacifista que eu sou, né? hehehe)

Tatiane Trajano disse...
21 de outubro de 2009 20:31

Eu li isso e fiquei cheia de vontade de comer um MAC.

Tem gente que é sem noção mesmo, né? ¬¬ Bah!

Bia disse...
22 de outubro de 2009 06:21

Putz, gente sem noção é o que mais tem por aí...
Bjs!
www.experimentandocosmeticos.blogspot.com

Satomi disse...
23 de outubro de 2009 07:45

Nossa...eu li seu post e como se fosse comigo...meu Deus...como eu passava por essas coisas no Brasil e uma coisa que odeio é gente lerda e sem noção....eu tenho pavio curto e não faço diplomacia com esse tipo de gente...sou estúpida mesmo...quem me conhece já sabe das minhas atitudes nessas horas....Me lembro até hoje de uma mulher sem noção no mercado ter entrado na minha frente pra pesar as verdurinhas na balança....Eu estava com minha irmã, ela só olhou pra minha cara e me disse, fica calma não vai fazer nada...foi a mesma coisa que me dizer "vai deixar isso assim"...Eu disse: "A senhora não viu que eu estou na frente" e ela com a cara mais cínica do mundo me disse que não...aí já comecei a gritar "Puta que pariu, vc não viu um carrinho enorme desse na sua frente, precisa fazer um tratamento de vista fia" (e por aí foi), achei até que iam chamar o segurança, até a menina da balança ficou de boca aberta e foi logo tirando as coisas da mulher e pegando as minhas...rsrsrsrs....
Não tolero esse tipo de gente...se faz de louco e me faço também...rsrsrsrs
Imagino o seu nervoso...rs

Raquel disse...
23 de outubro de 2009 15:01

Amorinha, querida,fofa...
eu amei o presente...ehehehe...o moxim foi fofo e mto sensivel ao perceber o q eu queria ganhar..pois mal dei dicas

Suflê de Canela disse...
26 de outubro de 2009 06:03

Hahahahah! Morri de ri!!! Muito bom o post! Eu sou a mais stressada com situações desse tipo, nossa senhora!!! Fiz um post lá no blog sobre o atendimento em lojas femininas, mais ou menos nesse esquema! Passa lá depois!!! Beijão!
Maraisa

disse...
26 de outubro de 2009 19:05

Sim... amostras grátis são mara, heheheheh!

BJOS E BOA SEMANA!!!!

***Calcinha Fru-Fru*** disse...
27 de outubro de 2009 12:46

Menina, gente lerda, gente fura fila e gente sem noção... NÃO ROLA!

E você tem razão, não tem como fugir, filas sempre existirão, até pra comprar um saquinho de batatinhas...

Beijos